sexta-feira, 9 de julho de 2010

Mas... O que eu gosto mesmo é...


Mas... O que eu gosto mesmo é de Dodó!...

Principalmente se poder contar com a companhia do Anthony Hopkins e assentados debaixo de uma alfarrobeira conversarmos de temas que nos são queridos como a constituição fecal dos ornitorrincos dois meses após o cio... Já sei que Santo Anselmo vai argumentar que duvida que esses bichos tenham tal coisa... Ainda se fosse um desejo inexplicável e incontrolável que os impulsionasse a perpetuar a espécie!...

Epá!... Está bem!...

© Mário Rodrigues - 2010

4 comentários:

  1. oioi
    a etiqueta faz juz ao texto. mas aparte disso confesso que não sei do que falas...

    ;);)

    ResponderEliminar
  2. Olá Taniah,

    Confrontos de conceitos titânicos em redor de uma mesma realidade. Correntes filosóficas implícitas em ambos os personagens, o Hopkins e o St. Anselmo... Tudo o resto até pode ser surreal...

    Um beijo

    ResponderEliminar
  3. O dodó, feito para alimentar uma turba inconsolável de inaptos. Como nós mas noutra escala. Por sorte esqueceram-se de quem nos prede, por isso pensamos. O dodó não teve tempo para se sentar e pensar. NHAC!!!!

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Um dia destes correm-me atrás com um limão e um ramo de salsa!...

    ;-DD

    até logo

    ResponderEliminar

…Escrevo, principalmente, por falta de espaço dentro de mim para tantas emoções e tão grandes (para mim). Anseio pelos comentários, porque fico com a sensação de que os pingos de emoção que transbordo caiem em terras fecundas, e coadjuvam o nascimento de novas emoções, e produzem opiniões e contra pontos e desafios… e isso. Isso é “geleia real”, para as nossas vidas…

Mensagens populares