domingo, 13 de setembro de 2015

Estepes vivendo...

A estepe atravesso,
aos elementos exposto,
adversas condições,
sereno imbuindo vou...

Por terras de ninguém,
sonhando aguardo,
um desejado amor que nunca tive...

Moribunda esperança és,
a de que um dia...

A de que um dia silenciosa mudes...
E eu, eu que por isso esperaria!... 

© Mário Rodrigues - 2015

Sem comentários:

Enviar um comentário

…Escrevo, principalmente, por falta de espaço dentro de mim para tantas emoções e tão grandes (para mim). Anseio pelos comentários, porque fico com a sensação de que os pingos de emoção que transbordo caiem em terras fecundas, e coadjuvam o nascimento de novas emoções, e produzem opiniões e contra pontos e desafios… e isso. Isso é “geleia real”, para as nossas vidas…

Mensagens populares