quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Prestar atenção...

A felicidade rodeia-nos com frequência!
Descuidadamente distraídos, vamos sendo infelizes sem necessidade...

© Mário Rodrigues - 2010

4 comentários:

  1. :)
    Precisamos de ajuda para ir abrindo as gavetas. Obrigada.

    ResponderEliminar
  2. Olá bonita eMe,

    Claro que sim! Também me vais expondo o conteúdo de algumas! Possivelmente, nem sempre presto atenção...

    (^-^)

    ResponderEliminar
  3. A infelicidade de que nos apropriamos é um alimento do espírito que nos prepara para a dura realidade do incontornável cadafalso. Tenho pensado que a morrer, melhor que seja infeliz. No entanto compreendo que a infelicidade nos leva rapidamente à solidão. Nessa medida tenho o dever de procurá-la pelos outros, só assim melhoro o mundo. A infelicidade deve ser sempre pessoal e intransmissível.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Fazes-me lembrar alguém que me dizia que não teria qualquer graça um "homem" morrer saudável!...

    Um abraço

    ResponderEliminar

…Escrevo, principalmente, por falta de espaço dentro de mim para tantas emoções e tão grandes (para mim). Anseio pelos comentários, porque fico com a sensação de que os pingos de emoção que transbordo caiem em terras fecundas, e coadjuvam o nascimento de novas emoções, e produzem opiniões e contra pontos e desafios… e isso. Isso é “geleia real”, para as nossas vidas…

Mensagens populares