sábado, 10 de julho de 2010

A dama de... veio ao BO...


Esta madrugada a cena repete-se... Não! Não é a segunda, nem terceira, nem...
Volto a dar um pontapé no puzzle que se vai montando muito lentamente e por em causa coisas que nestas alturas doem de um modo profundo e prolongado...
No entanto desta...algo foi diferente!...

Tudo corria na aparente normalidade rotineira, bom clima, bom texto, escrita porreira... Ouvia-se “Ana Moura”…… 45 minutos. Paragem. Rea.30 minutos. Paragem. Rea, e,e,e…….Instala-se o caos sincronizado e normal para o caso, pressinto uma presença!... Já vi este filme!... Sinto-me estranho e procuro a "dama de negro flutuando…" os movimentos tornam-se perpétuos, e estranhamente retardados. Vejo um rosto, entubado, esboçar uma impossível expressão sorridente!?...

Sem qualquer pudor arranca-nos das mãos o seu tributo…

Mas não foi a "dama de negro"!... Fosse o que fosse era branco! Muito branco! Equacionei a possibilidade de se estar a ver alguém a chegar! Alguém de quem se tinha muitas saudades e se estava muito feliz por voltar a ver!...
Hoje não sei o que lhe chamar…depois; a cruel trova do…”hora do óbito: quatro horas e dezoito minutos do dia………..” Hoje vim para casa e não fiquei a andar pela cidade vazia com as janelas abertas…outra vez.

Estes anos...

© Mário Rodrigues - 2010

A outra dama: http://recantodossuricates.blogspot.com/2009/07/dama-desceu-ao-bloco.html

4 comentários:

  1. E com 21 gramas a menos para quem vai, e a mais para quem fica, fiquei eu mais preenchida.

    Emoções.

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Naomi Watts
    Benicio Del Toro
    Sean Penn

    ;-|

    Yap...+-

    Um beijo

    ResponderEliminar
  3. "Passo assim cada dia, apreensivo por poder vir a parir diabo que me coma. Mas talvez, pela lei de Newton, seja eu parido por anjo que me adormeça."

    Por vezes aparece o condescendente que nos apazigua, mas nem sempre... Ainda lembro bem a outra, que descreveste com mestria inolvidável, deste também não me esquecerei.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Ambos têm... Espera!... E se forem mais que dois?
    Chiiii!....

    8-)

    ResponderEliminar

…Escrevo, principalmente, por falta de espaço dentro de mim para tantas emoções e tão grandes (para mim). Anseio pelos comentários, porque fico com a sensação de que os pingos de emoção que transbordo caiem em terras fecundas, e coadjuvam o nascimento de novas emoções, e produzem opiniões e contra pontos e desafios… e isso. Isso é “geleia real”, para as nossas vidas…

Mensagens populares