quarta-feira, 19 de maio de 2010

Cinema Paraíso (Reedição)


Cinema Paraíso

Há já muito que tenho a sensação de ser o menino, “cinema paraíso”. Por detrás dos cordames que sustentam os cenários de um palco vital, vou espreitando... Ora curioso, ora envergonhado, ora indignado... De quando em vez, chamam-me ao palco. São necessários aplausos para que se encha um qualquer ego, insaciável... Os actores, esses representam uma comédia trágica que os contem em si mesma. De fora tenho a sensação de ser espectador único! Mas não! Vou encontrando outros...

© Mário Rodrigues - 2009

2 comentários:

  1. Por falar em cinema-paraiso...
    Já ando com saudades de ver os malucos da Paraíso Filmes..uummmm.
    Bernardo.

    ResponderEliminar
  2. "Em relação à coisa, já fico desconfiado com os aplausos, faço a destrinça entre os da malta que prezo e que sei que são sinceros, e os dos "outros", que tantas vezes são de autopromoção..." ou pior, porque podem pretender a minha exploração gratuita.

    Já descobriste a sua sinceridade? Continua-me a ser fundamental. Fico sempre a pensar se não me estarão a bajular para lhes dar melhor desempenho. Mas às vezes ainda me iludo...

    Abraço! Bom Fds!

    ResponderEliminar

…Escrevo, principalmente, por falta de espaço dentro de mim para tantas emoções e tão grandes (para mim). Anseio pelos comentários, porque fico com a sensação de que os pingos de emoção que transbordo caiem em terras fecundas, e coadjuvam o nascimento de novas emoções, e produzem opiniões e contra pontos e desafios… e isso. Isso é “geleia real”, para as nossas vidas…

Mensagens populares