segunda-feira, 12 de abril de 2010

Os Suricates em viajem



Cliquem em "Vamos ver..."

6 comentários:

  1. Vamos Sim :)
    Irão eles levar uma reserva de larvas frescas??? ou aventurar-se-hão a comer a fauna indígena??
    Como é que a matriarca "Maizena" irá lidar com as birras de sono dos trigémeos "cocó" "ranheta" e "facada" nas suas longas viagens de inter-regional???
    Estas e outras questões... brevemente...
    :D

    ResponderEliminar
  2. Olá Mariana de Marte

    Clica no vamos ver e verás... ;-)

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. hihi, sou tão distraída... lol
    mas a minha versão tinha a sua piada ;)
    Os suricatas vão ao oceanário e tentam comer o foca bebé ;)

    ResponderEliminar
  4. Epá hei-de lá ir a baixo. Mas já que aqui estou... Acabo de ser confrontado com uma das coisas que mais me tocaram na blogosfera. O Aquário é dos ex-libris da capital que mais aprecio, fui lá com os meus pais e levei lá o meu miúdo em pequeno. Fiz um berreiro que os embaraçou, naquele tempo; e o meu miúdo pagou-me exactamente com a mesma moeda, ambos no museu, com 30 anos a separar esses momentos. Penso que te faltaram os "Carassius auratus" enormes que deveriam estar no lago perto da entrada, tê-los-ei conhecido em pequeninos, agora...

    Ah! O Oceanário também é bonito, mas...

    Abraço!

    ResponderEliminar
  5. Francamente... És um birras! :-))
    Sim realmente os "Carassius auratus", não os tenho aqui. Estão do lado esquerdo ainda na entrada exterior ao lado das gordíssimas carpas...

    Ah! O Oceanário também é bonito, mas...não tem o mistério...à Júlio Verne que o Aquário tem...

    Um abraço

    ResponderEliminar

…Escrevo, principalmente, por falta de espaço dentro de mim para tantas emoções e tão grandes (para mim). Anseio pelos comentários, porque fico com a sensação de que os pingos de emoção que transbordo caiem em terras fecundas, e coadjuvam o nascimento de novas emoções, e produzem opiniões e contra pontos e desafios… e isso. Isso é “geleia real”, para as nossas vidas…

Mensagens populares