sexta-feira, 3 de julho de 2009

20 anos de casamento podem ser muito bons...

Naquela manhã, ela decidiu, não prender o cabelo. Naquela manhã, ele repousou demoradamente um olhar terno, sobre ela. Naquela manhã, ela ouvia “Osvaldo Requena”. Naquela manhã, ele sorria uma melodia. Naquela manhã, ela vestia rosa romã. Naquela manhã, ele disse-lhe baixinho:
-Cheiras a rosas!
Naquela manhã, ela ouviu o "chilrear" das águas do ribeiro. Naquela manhã, ele abandonou-se e leu-lhe os movimentos… Naquela manhã, ela desejou-o como nunca… Naquela manhã, ela pareceu-lhe decidida e apaixonada pelo facto de ser mulher. Naquela manhã, ela sentiu-se olhada… Naquela manhã! Naquela manhã, desvendaram-se… Naquela manhã, amaram-se… Naquela manhã… Naquela manhã, foram muito felizes…

© Mário Rodrigues - 2009

Sem comentários:

Enviar um comentário

…Escrevo, principalmente, por falta de espaço dentro de mim para tantas emoções e tão grandes (para mim). Anseio pelos comentários, porque fico com a sensação de que os pingos de emoção que transbordo caiem em terras fecundas, e coadjuvam o nascimento de novas emoções, e produzem opiniões e contra pontos e desafios… e isso. Isso é “geleia real”, para as nossas vidas…

Mensagens populares