quinta-feira, 25 de junho de 2009

Luzes de fé...

Todas as fés têm as suas luzes. Sinto-me profundamente infeliz, quando me lembro dos monstros que manipulam os “candeeiros” e levam multidões a caminho das escarpas...

6 comentários:

  1. Nós os cegos desenvolvemos outros sentidos. Podemos no entanto estampar-nos nas escarpas por acidente.

    ResponderEliminar
  2. Caro bloguista,
    Como me soube bem esta frase:
    "As amizades são como os caminhos dos bosques, se não forem trilhados desaparecem cobertos de mato”.
    É o problema de quem gosta do sabor das palavras...
    Abraço
    SiwA

    ResponderEliminar
  3. CyberRider. Nesse caso, talvez a nossa "morte" alerte outros, cegos ou não, para as ditas...

    ResponderEliminar
  4. Cara, Siwa,
    Entendes o saborear das palavras como um "problema"? Não me parece. Terás te precipitado na utilização da palavra? Parece-me que tiras bastante gozo das palavras...

    ResponderEliminar
  5. Pelo sim pelo não, cada um deverá transportar a sua própria lanterna...

    ResponderEliminar
  6. Gemini,
    Concordo. Devemos prevenir a possibilidade de ficarmos perdidos...

    Abraço

    ResponderEliminar

…Escrevo, principalmente, por falta de espaço dentro de mim para tantas emoções e tão grandes (para mim). Anseio pelos comentários, porque fico com a sensação de que os pingos de emoção que transbordo caiem em terras fecundas, e coadjuvam o nascimento de novas emoções, e produzem opiniões e contra pontos e desafios… e isso. Isso é “geleia real”, para as nossas vidas…

Mensagens populares