terça-feira, 2 de junho de 2009

Hoje não falo...

Desculpai-me mas hoje não falo. Não falo porque... Hoje prefiro escutar... À janela que tantas vezes, este local se me apresenta... Hoje está nublado lá fora... As imagens são difusas. Não vejo com nitidez. Tenho pudor de escrever sobre imagens estranhas; em que se tornaram eventuais... Hoje não falo... Haverá dias em que inocente, verei as imagens nítidas... E então, falarei, credulamente delas... Hoje não falo...

Sem comentários:

Enviar um comentário

…Escrevo, principalmente, por falta de espaço dentro de mim para tantas emoções e tão grandes (para mim). Anseio pelos comentários, porque fico com a sensação de que os pingos de emoção que transbordo caiem em terras fecundas, e coadjuvam o nascimento de novas emoções, e produzem opiniões e contra pontos e desafios… e isso. Isso é “geleia real”, para as nossas vidas…

Mensagens populares